Skip to content

Com o objetivo de impulsionar iniciativas de preservação Governo lança Programa Águas Brasileiras

Com o objetivo de impulsionar iniciativas de preservação Governo lança Programa Águas Brasileiras
Novo programa lançado pelo Governo têm o objetivo de impulsionar iniciativas de preservação e recuperação de áreas degradadas nas bacias em parceria com o

Novo programa lançado pelo Governo têm o objetivo de impulsionar iniciativas de preservação e recuperação de áreas degradadas nas bacias em parceria com o setor produtivo rural, o programa chamado de Águas Brasileiras, quer oferecer água em quantidade e qualidade por meio da revitalização das principais bacias hidrográficas brasileiras, lançado nesta sexta-feira (18),pelo Governo Federal. O Programa Águas Brasileiras prevê a criação de iniciativas de preservação e recuperação de áreas degradadas nas bacias em parceria com o setor produtivo rural.

Lançado no município de Piranhas, em Goiás, pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e é um trabalho conjunto de cinco ministérios em parceria com estados e municípios. Uma das metas é plantar 100 milhões de árvores inicialmente nas bacias dos rios São Francisco, Tocantins-Araguaia, Parnaíba e Taquari.

Também são objetivos consolidar e recuperar Áreas de Preservação Permanentes (APPs),ampliar as formas de conversão de multas ambientais e pagamentos por serviços ambientais e medidas que garantam segurança hídrica.

“Não tem petróleo, não tem diamante, gás, não tem terra, não tem nada mais importante do que a água”, frisou o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho

Por meio de um acordo de cooperação será criada a Plataforma Águas Brasileiras para fazer a ligação entre projetos para revitalização de bacias hidrográficas e organizações e empresas que desejem apoiar essas iniciativas. A previsão é que a plataforma seja lançada em julho de 2021.

Juntos pelo Araguaia

Em Piranhas (GO),junto ao lançamento do programa, foram entregues os projetos executivos do Projeto Juntos pelo Araguaia. O Ministério do Desenvolvimento Regional investiu R$ 2,6 milhões nos projetos. A iniciativa recuperará 10 mil hectares na região do alto Araguaia.

Também foi lançada a pedra fundamental do Centro de Desenvolvimento Florestal Sustentável do Cerrado, que contará com área para produção de 600 mil mudas por ano a serem distribuídas por toda a bacia do Rio Araguaia.

Em junho de 2019, o Presidente Jair Bolsonaro e os governos de Goiás e Mato Grosso lançaram o Juntos pelo Araguaia.

Plantando Águas

Pela tarde, em Diamantina (MG),foi lançado o Projeto Plantando Águas para o Rio São Francisco, que tem parceria do ministério junto ao governo de Minas Gerais. O projeto quer atrair investimentos privados para ações de revitalização na bacia do São Francisco e de recuperação de áreas degradadas.

O plantio de espécies nativas em reserva da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) está entre as primeiras ações do projeto.

Fonte: gov.br

Inscreva-se a nossa newsletter e fique atualizado sobre noticias e novidades!


Publicado por:
Apaixonado por ciência e tecnologia além de programação é claro! Fundador do site Science Tech News.

Aumento do CO2 na Amazônia pode afetar mais as chuvas do que o desmatamento

Dinâmica climática global impulsionou o declínio de mastodontes e elefantes, sugere novo estudo

Como as plantas se adaptam rapidamente às mudanças nas condições ambientais

Deixe uma resposta


Nome de usuário ou senha incorretos. Perdeu a senha?

Você precisa fazer o login para publicar um comentário. Não tem conta?