Skip to content

A Terra perderá para sempre sua “mini lua” em fevereiro

A Terra perderá para sempre sua “mini lua” em fevereiro
O novo satélite chamado 2020 SO se afastará da órbita do nosso planeta para girar em torno do Sol e assim a Terra perderá

O novo satélite chamado 2020 SO se afastará da órbita do nosso planeta para girar em torno do Sol e assim a Terra perderá para sempre sua “mini lua” nos primeiros dias de fevereiro.

Em 17 de setembro de 2020 astrônomos da NASA descobriram um estranho objeto espacial que estava se aproximando rapidamente do nosso planeta. Dias depois, ele foi batizado de SO 2020. Agora, quatro meses depois, a Terra perderá esta mini lua para sempre, como relatado pelo site especializado EarthSky.

Em 8 de novembro de 2020, SO chegou lentamente para a esfera gravitacional do globo, para se tornar uma nova mini lua. Depois de uma “visita relâmpago”, ele escapará de volta para uma nova órbita ao redor do Sol, em março de 2021. Durante esse tempo, fará duas grandes voltas ao redor do nosso planeta.

A Terra perderá para sempre sua “mini lua” em fevereiro
Nesta imagem animada, a Terra é o ponto azul. A órbita da lua é o círculo amarelo. O caminho 2020 SO é a linha rosa em looping. (GIF: Phoenix7777 – JPL/NASA)

Os modelos orbitares rapidamente mostraram que tanto a baixa velocidade quanto a trajetória do objeto que se aproximava em setembro do ano passado eram incomuns. As projeções mostraram que a Terra capturaria este estranho corpo celeste, temporariamente, como uma nova mini lua. E foi isso que aconteceu. O SO 2020 orbitou a Terra a partir de 8 de novembro e em fevereiro se despedirá para sempre.

Após uma análise mais detalhada de seu movimento e uma aproximação do objeto (apenas 30.000 milhas, 50.000 km, ou 0,13 distâncias lunares) em 1 de dezembro, a NASA foi capaz de confirmar que é uma relíquia da era espacial, não era um asteroide e sim um propulsor de foguetes Centauro de estágio superior. Agora, o SO 2020 está prestes a fazer uma aproximação maior da Terra na terça-feira, 2 de fevereiro de 2021, mas ainda dentro de 0,58 distâncias lunares (220.000 km). Mais tarde, em março, a gravidade do nosso planeta perderá o controle sobre o objeto, por isso não será mais uma mini lua da Terra. Em vez disso, estará orbitando o Sol.

A Internet oferecerá a oportunidade única de assistir o SO 2020 online. O Projeto Telescópio Virtual em Roma exibirá o objeto on-line na noite de 1º de fevereiro.

A transmissão ao vivo está marcada para a noite de 1º de fevereiro de 2021, a partir das 22:00 UTC (19:00 no horário de Brasília).

A Terra perderá para sempre sua “mini lua” em fevereiro
Fotografia de 1964 mostrando o foguete Centaur no estágio superior antes de aderir a um propulsor Atlas (NASA/JPL-Caltech)

Inscreva-se a nossa newsletter e fique atualizado sobre noticias e novidades!


Publicado por:
Apaixonado por ciência e tecnologia além de programação é claro! Fundador do site Science Tech News.

Planetas com a massa da Terra estão à deriva na Via Láctea

Argila de Marte sugere que o planeta pode ter sido habitável por até um milhão de anos

Lacuna no tamanho do Exoplaneta muda com a idade

Deixe uma resposta


Nome de usuário ou senha incorretos. Perdeu a senha?

Você precisa fazer o login para publicar um comentário. Não tem conta?