Skip to content

A Espanha não tomará uma decisão sobre a missão fracassada do satélite Ingenio por seis semanas

A Espanha não tomará uma decisão sobre a missão fracassada do satélite Ingenio por seis semanas
A investigação confirmou hoje que o satélite espanhol Ingenio e o francês Taranis foram perdidos em 17 de novembro por um erro humano na

A investigação confirmou hoje que o satélite espanhol Ingenio e o francês Taranis foram perdidos em 17 de novembro por um erro humano na fabricação do foguete Vega que não foi detectado em nenhum controle, para o qual foram estabelecidas inspeções e testes adicionais.

Uma investigação realizada por uma comissão independente confirmou que foi um erro humano o responsável pelo acidente que arruinou a missão do satélite espanhol de observação da Terra SEOSAT-Ingenio e do francês Taranis, o acidente ocorrido em 17 de novembro não se deveu a uma falha no projeto do foguete, mas sim à conexão incorreta de alguns cabos em um dos sistemas de controle durante sua integração, realizada pelo Empreiteiro italiano Avio.

Esse cruzamento de cabos feito de forma incorreta, inverteu os comandos de direção, erro que não foi detectado em nenhum dos controles e testes realizados tanto durante a integração na Itália quanto no processo final de aceitação do foguete para decolagem da Guiana Francesa. O fato foi explicado por Stéphane Israël, diretor da Arianespace, empresa responsável pelo lançamento. Em entrevista coletiva, ele também garantiu que a confiabilidade do foguete “Vega será fortalecida por este infeliz incidente”.

Satélite espanhol não tinha seguro

O mesmo modelo de foguete sofreu outro acidente em 10 de julho de 2019, quando ia colocar em órbita o FalconEye1 , satélite de observação da Terra dos Emirados Árabes Unidos que tinha seguro, mas, como é habitual na maioria das missões científicas apoiadas por projetos de pesquisa e desenvolvimento, o satélite espanhol não era assegurado, aspecto que tem sido criticado pelos partidos de oposição.

Inscreva-se a nossa newsletter e fique atualizado sobre noticias e novidades!


Publicado por:
Apaixonado por ciência e tecnologia além de programação é claro! Fundador do site Science Tech News.

Planetas com a massa da Terra estão à deriva na Via Láctea

Argila de Marte sugere que o planeta pode ter sido habitável por até um milhão de anos

Lacuna no tamanho do Exoplaneta muda com a idade

Deixe uma resposta


Nome de usuário ou senha incorretos. Perdeu a senha?

Você precisa fazer o login para publicar um comentário. Não tem conta?