Skip to content

SpinQ quer lançar ainda este ano um computador quântico portátil

SpinQ quer lançar ainda este ano um computador quântico portátil
Uma start-up chinesa revelou planos para vender um computador quântico de desktop que custa menos de US$ 5.000. O novo dispositivo portátil voltado 

Uma start-up chinesa revelou planos para vender um computador quântico de desktop que custa menos de US$ 5.000. O novo dispositivo portátil voltado para escolas e faculdades é da empresa Shenzhen SpinQ Technology com sede em Shenzhen, China.

Este não é o primeiro computador quântico da empresa, que no ano passado, começou a vender um computador quântico por cerca de US$ 50 mil. Mas a mesa do usuário precisa ser resistente, porque o dispositivo pesa 55kg.

A empresa promete que a nova máquina será mais simples, portátil e mais barata. “Espera-se que essa versão simplificada seja lançada no quarto trimestre de 2021 e que possa ser mais acessível para a maioria das escolas em todo o mundo”, diz a equipe por trás do dispositivo.

SpinQ quer lançar ainda este ano um computador quântico portátil
SpinQ quer lançar ainda este ano um computador quântico portátil

O preço da máquina contrasta com outros computadores quânticos fornecidos por empresas como a D-Wave, que custam próximo de US$ 10 milhões e podem processar mais de 50 qubits (Um bit quântico, ou qubit (às vezes qbit) [‘kju. bɪt] ou [k’bɪt] é uma unidade de informação quântica).

Em contraste, a máquina SpinQ é muito menos poderosa, capaz de processar apenas 2 qubits e conta com uma tecnologia totalmente diferente chamada ressonância magnética nuclear. Isso funciona prendendo moléculas especialmente selecionadas em um campo magnético poderoso e em seguida usá-los com pulsos de radiofrequência para manipular os giros dos átomos que eles contêm.

No entanto, esses dispositivos nunca corresponderão ao poder dos computadores quânticos como os da Google, IBM, Microsoft e outros. Uma das desvantagens da computação quântica baseada na ressonância magnética nuclear é que as máquinas não podem lidar com mais de uma dúzia de qubits. De fato, há algum debate sobre se esses tipos de cálculos são realmente quânticos.

Mas é improvável que os fabricantes de dispositivos SpinQ sejam gradualmente eliminados por isso. O objetivo deles é a educação. “Acreditamos que produtos portáteis de computador de baixo custo facilitarão a experiência prática para ensinar computação quântica em todos os níveis”, dizem eles.

Ref: arxiv.org/abs/2101.10017 : SpinQ Gemini: A Desktop Quantum Computer for Education and Research

Compartilhe


Inscreva-se a nossa newsletter e fique atualizado sobre noticias e novidades!


Publicado por:

Usuários do LinkedIn são alvo de campanha projetada para instalar Malware em seus dispositivos

EUA aprova teste para gerar energia de ondas do mar conectada à rede elétrica em larga escala

Trump está criando rede social para concorrer com o Twitter e Facebook

Deixe uma resposta


Nome de usuário ou senha incorretos. Perdeu a senha?

Você precisa fazer o login para publicar um comentário. Não tem conta?