Skip to content

Brainstorming em reuniões online tem menos ideias criativas do que reuniões presenciais

Brainstorming em reuniões online tem menos ideias criativas do que reuniões presenciais
Pesquisadores colocaram, quase 1.500 pessoas em pares em chamada de vídeo ou pessoalmente, e descobriram que as equipes presenciais produziram ideias mais criativas do

Pesquisadores colocaram, quase 1.500 pessoas em pares em chamada de vídeo ou pessoalmente, e descobriram que as equipes presenciais produziram ideias mais criativas do que pares virtuais.

Algumas pesquisas mostram que esse ajuste pode não afetar a produtividade no local de trabalho, mas um novo estudo, no entanto, sugere o contrário.

A pesquisa, publicada na Nature, constatou que as chamadas de vídeo, ao contrário de reuniões presenciais, reduzem a colaboração criativa e a geração de novas ideias. Os resultados indicam que, enquanto as engrenagens mentais funcionando mais suavemente quando trabalham remotamente a criatividade em grupo pode ser prejudicada.

Os pesquisadores realizaram uma série de experimentos, primeiro com 602 voluntários para um estudo de laboratório nos EUA  em seguida, com 1.490 engenheiros de uma empresa internacional de telecomunicações, com locais na Europa, Oriente Médio e Sul da Ásia.

Os participantes foram emparelhados, pessoalmente ou virtualmente, e solicitados a apresentar ideias de produtos para uma empresa, com base em um estímulo (como plástico bolha ou frisbee). Eles foram então convidados a apresentar a ideia “mais criativa” como uma inovação de produto para uma empresa.

Os pesquisadores então pediram a dois estudantes de graduação que julgassem cada ideia com base em sua novidade, dando a cada ideia uma pontuação para a criatividade.

As chamadas de vídeo são piores para gerar ideias criativas do que reuniões presenciais, de acordo com psicólogos dos EUA,  mas elas podem ser melhores em encontrar as melhores ideias.

O advento da reunião de vídeo, muito exacerbada pela pandemia, permitiu que muitas pessoas trabalhassem de forma mais flexível e segura. Mas todos sabemos que as reuniões virtuais funcionam de forma diferente das físicas.

Pares cara a cara consistentemente surgiram com mais ideias mais criativas. Mas ao escolher qual ideia apresentar, essa vantagem desapareceu, e houve até uma pequena quantidade de evidências de que os pares virtuais selecionaram as ideias mais criativas.

“Nossos resultados sugerem que há uma vantagem cognitiva única para a colaboração presencial, que poderia informar o desenho de políticas de trabalho remoto”, escrevem os autores em seu artigo.

“No entanto, ao determinar se devem ou não usar equipes virtuais, muitos fatores adicionais necessariamente entram no cálculo, como o custo do deslocamento e do imóvel, o potencial de expansão do pool de talentos, o valor dos encontros casuais e as dificuldades na gestão do fuso horário e das diferenças culturais regionais.”

Inscreva-se a nossa newsletter e fique atualizado sobre noticias e novidades!


Publicado por:
Apaixonado por ciência e tecnologia além de programação é claro! Fundador do site Science Tech News.

Pesquisadores constroem uma unidade de dessalinização portátil que gera água potável sem a necessidade de filtros

Benefícios para a saúde da iluminação LED

China quer erradicar o Bitcoin e outras moedas digitais

Deixe um comentário


Nome de usuário ou senha incorretos. Perdeu a senha?

Você precisa fazer o login para publicar um comentário. Não tem conta?